terça-feira, 1 de março de 2016

Peregrinação ao diabo


Você conseguiu...
Terminou a universidade
Chorou como criança na igreja
Atingiu o ápice da insanidade
Provou para o vizinho sua capacidade

Sua rotina foi um roteiro,
fome,
sede,
cansaço,
 sujeira

e os tímpanos funcionando como bueiro

Ai quanta lameira...
Foi um servo obediente
Todo dia respondendo presente
Anotando ditados da incerteza
Ouvindo os mestres gordos
e suas pompas de realeza

Paredes brancas aprisionando o espírito
Lavagem cerebral jorrada
a cada controverso texto escrito
Comprou livros antiquados
por seus conservadores escritores venerados
Investiu toda sua grana na grama
Pensou em um copo de cerveja
a cada novo diagrama
Atrofiou sua mente por cinco anos
Ficou decorando
inúteis questionários pelos cantos
Esqueceu os velhos amigos
e os papos interessantes
Adequou-se ao comportamento fútil
dos ricos repugnantes
Trocou o livro de poesia
pela conversa com a loira vadia
Trocou a política do Senado
para cobiçar o corpo do jovem bombado

Trocou o bom e velho Rock’n Roll libertador
para adentrar as fétidas orgias
da cultura sem valor

Trocou a boa e velha pesquisa elaborada
por um mero botão de uma máquina
extremamente viciada

Ai que saudades da leitura...
cada linha era a porta
para uma nova aventura

Mas você conseguiu...
Vendeu a perturbada alma ao diabo
Alimentou de ambição seu coração alucinado
Passou por cima de tudo e todos
Transformou-se no tão sonhado gerente

Engomado
Enfartado
Uma mulher acorrentada em casa o dia inteiro
Uma amante para gastar todo o seu dinheiro
Um filho esquecido e desprezado
Futuro delinqüente

Seus melhores amigos...
Celular
Computador
Com quem falará
no momento da dor?

Mas você conseguiu... pode crer
Beijou o prazer íntimo do poder
Descartou pessoas
como quem descarta um animal
no momento de morrer

Diariamente
a maravilhosa humildade do viver
foi abortada pela triste arrogância
do fazer sofrer

Mas tudo valeu a pena...

Conta bancária grande
Pureza da alma pequena
Lista grande de lugares visitados pelo mundo
Lista pequena de amigos
e um grande vazio no fundo...

Mas tudo valeu a pena?
Claro, pois você conseguiu...
Você conseguiu...
Você conseguiu...

Você conseguiu o quê mesmo?