quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Ode ao Toni




Atravessas as alvas nuvens em teu dourado possante
Navegas pelas ondas infindáveis de nossa saudade
Trilhas tua mística jornada por estrelas rutilantes
Olhais por nós do ápice doce da eternidade
Nos acaricia pela brisa tenra da aurora
Inaudito seja no eflúvio de tua amada Rosa
Ouves nosso riso e sentes que não foste embora

Medo descartes, tua lembrança é viva e maravilhosa
Emoções desfrutamos em longas e insanas andanças
Zoeiras e tristezas, tua raça és sublime legado
Afugentes a escuridão e tragas a nós a paz imaculada das crianças
Dádiva será um dia estar novamente ao teu lado
Recolhes agora Pai, ao âmago de tua jubilosa glória
     Irradias a todos com a peculiar luz de tua linda e breve história

12 comentários:

Fábio Murilo disse...

Comovente, Evandro. Muito bem escrito.

Evanir disse...

Ainda é tempo de desejar um feliz ano novo.
Estamos no segundo dia da nossa caminhada para 2015 levando no coração a esperança de dias melhores.
Com certeza cada um de nos temos sonhos e esperança de realizar cada um deles.
Carinhosamente deixo um forte abraço
paz amor no coração e alegria de viver.
Evanir.

Fê blue bird disse...

Um ode emocionante. Fiquei sinceramente comovida.

Desejo a si e sua família um Feliz 2015!

Beijinho com amizade

Janaina Cruz disse...

Nada melhor do que emociona-me em um ano novo nas letras de mais uma belíssima criação tua.

Todos os bons pais merecem uma poesia como esta tua, todos os filhos merecem bons pais, assim como deve ter sido o teu.

Um feliz ano pra ti e pra todos

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Olá Evandro, fiquei emocionada com a homenagem que você fez ao Toni.
Com certeza, bem merecida. Que os anjos levem em suas asas para ele. Eu escrevi um texto para homenagear um amigo escritor, mas que está na Terra. Ficarei contente com sua visita. Grande beijo!

Paulo Silva disse...

Comovente, sentimental e sobretudo puro.
Sempre me maravilho por aqui.
Abraço.

Renato Oliveira disse...

Belíssima homenagem, Evandro! Como sempre, excelentes composições de frases! Um abraço :D

sub helena disse...

Evandro, lindo texto, muito comovente. Sabemos que as pessoas que amamos, nunca partem realmente, deixam sempre um pedaço delas em nós. Acho que é um lembrete, nada que é importante pode ser apagado totalmente. Que você tenha um Feliz 2015, te desejo paz, tranquilidade e muito sucesso. Amigo, um beijo.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Olá Voltei para lhe deixar meu abraço!
Voltarei para novo comentário. Grande abraço!

Anderson Lopes disse...

Inspirador e comovente, Evandro! Grandiosa poesia!

ॐ Shirley ॐ disse...

Do fundo da alma, uma homenagem em forma de belíssimo poema.Parabéns amigo.
Beijo e muita paz, Evandro!

© Piedade Araújo Sol disse...

uma homenagem bonita e comovente.
meu beijo
:)