segunda-feira, 1 de julho de 2013

Mais uma vítima...


O dia amanhece em um doloroso vazio

Sonhos soterrados em um terreno baldio

Uma brisa vermelha perambulando sem rumo

Uma pequena lágrima do céu cai suavemente

Ilustrando mais uma obra de arte de alguns delinqüentes

Lá está uma adolescente morta no chão...

Ela era rica ou escória?

Isso pouco importa

Terá seu ínfimo momento de glória

Nos moldes toscos dessa nação torta

Só as flores agradecem, pois serão utilizadas

As roupas do armário se preocupam, pois não mais serão vestidas

O celular se calou, pois não mais será despertado

E os pais ficaram loucos, pois agora estão mortos mesmo com vida!







OBS: Obra escrita após ler a barbaridade ocorrida no Paraná em 25.06.2013.