terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Alimento



Quero um alimento
Não sólido
E sim psíquico
Algo que absorve
A minha fé que se dissolve
Silenciosamente no negro caos
Que atrozmente me envolve

3 comentários:

HEIDE disse...

Olá Primo! Realmente você escolheu o nome perfeito para seu livro. LUNÁTICO, é o que você é com poemas baratos, rimas pobres e relatos totalmente distorcidos da vida em família que você raramente frequentava, percebe-se uma pessoa só, triste e amarga. Tenho pena dos meus Tios. Heide Mezadri

Thaís disse...

Que vergonha de ter alguém assim com o mesmo sobrenome do que eu. Não tinha nome mais perfeito do que ''Lunático'' pois é isso mesmo que você é. Com sua falsa poesia querendo ser um falso revolucionário e revoltado com a vida. Usando a família para criar histórias falsas de infelicidade. O maior infeliz aqui é você.

Nuvembranca disse...

Oração e jejum. Amém. Parabéns.